Skip to content

sobre urgências

novembro 2, 2014

sempre gostei muito de escrever. sempre me agradou trabalhar as palavras, seus sentidos e sentimentos, seus significados mais íntimos. acontece que não havia ainda tido a obrigação de escrever, apenas pela obrigação. e torna-se árduo fazer algo que se ama sem espontaneidade.

eis que a obrigação me trouxe a urgência. a urgência de resgatar o que era dar vasão às palavras por si. com a fluidez de que não espera ser lido, com a insensatez de quem não revisa o texto, com a irresponsabilidade de quem usa as palavras para depois esquece-lás… e só.

pensei um pouco na urgência.

a urgência para traduzir os meus últimos dias. ora como necessidade, ora como vontade, ora como fôlego. a urgência é o que tem me feito olhar para frente. e sinto todos os dias a urgência de existir, de voltar a ser.

parece-me que o essencial dessa escrita irresponsável é que ela pode ser urgente, sem mais.
deixo que o seja. que as urgências da vida me afoguem, até que transbordem em realidade.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Luiza permalink
    fevereiro 22, 2015 9:25 pm

    tava relendo as coisas daqui. deu uma saudade e uma alegria. a gente cresceu tanto de 2007 pra cá. nós sempre nos bastávamos. eu amo você. sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: